Notícias

Loading...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Professores fazem velório simbólico da URCA

Centenas de manifestantes, entre professores, alunos e funcionários da Universidade Regional do Cariri (URCA) fizeram, na tarde dessa quarta-feira (29), o velório simbólico da instituição. O movimento foi realizado nas dependências da Universidade (Campus do Pimenta) e na Praça Siqueira Campos, em Crato.

Segundo manifestantes, o movimento teve o objetivo de chamar a atenção da sociedade caririense para a proposta apresentada pelo Governador Cid Gomes a categoria, em greve desde o dia 15 de setembro. A categoria considerou a proposta como absurda.

Durante um encontro com o comando grevista, no último dia 21, o governador sugeriu que cada professor da instituição permaneça 52% do tempo devido, em sala de aula. Para a direção do Sindicato dos Docentes da URCA (Sindurca), a proposta compromete, em muito, as atividades extra sala como pesquisa, orientação e extensão.

Além disso, ao transformarem a proposta em prática, através de cálculos matemáticos, os diretores do Sindurca descobriram que, pela proposta, a Universidade teria uma força excedente de 37 professores. Ou seja, segundo a sugestão do governador, a URCA tem professor sobrando.

Para o presidente do Sindurca, professor Gustavo Nobre, a proposta, na prática, sugere que a Universidade elimine 37 professores do seu quadro já escasso. “É algo como pedir para matar 37 professores e a URCA, por tabela. É um verdadeiro absurdo se levarmos em consideração que estamos pedindo a efetivação de 26 professores de forma emergencial e mais 119 para completar o quadro de efetivos,” disse Augusto.

A outra proposta do governador Cid, durante o encontro, foi que os professores voltassem as salas de aula que no dia seguinte seriam feitas as 26 nomeações dos aprovados no último concurso. Em Assembleia no dia 23, a categoria decidiu não confiar na palavra do governador e deu sequência a greve. Nenhum professor foi nomeado.

O concurso realizado em 2010 e renovado por mais dois anos em 2012, venceu no dia 25 deste mês. Mas, uma ação do Ministério Público do Estado, através das promotorias de Crato e Juazeiro do Norte, pedindo a imediata nomeação e posse dos 26 professores, acabou levando a questão para o campo jurídico, onde deverá ser resolvido.

O comando de greve já agenda novas manifestações e diz que a expectativa é que a greve se estenda, pelo menos, até o fim do ano quando assumirá o outro governador eleito.

(Foto: Cícero Valério / Agencia Miséria)

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Eunício: “Não quero ser ministro”

O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), em reunião com cúpula nacional do partido, nessa quarta-feira (29), disse não quer ser ministro e que não vai vetar qualquer nome a ser indicado para o novo mandato da presidente Dilma Rousseff (PT).

Na reunião, que no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente Michel Temer (PMDB), Eunício disse que acredita que o bem comum deve sobrepor às outras questões. “O interesse do Ceará é maior do que a briga política”, disse Eunício, se referindo ao recente embate eleitoral com o governador Cid Gomes (Pros-CE).

Eunício também excluiu a possibilidade de perseguição ao governador eleito Camilo Santana (PT) e disse que não querer um Ceará dividido, garantindo que fará uma oposição crítica.

(Com informações do portal Ceará News 7).

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Câmara de Juazeiro: Tarso vai à justiça para anular reunião que indicou relatora

A indicação da vereadora Didi de Amarílio (PPS) para a relatoria da Comissão de Orçamento e Finanças da Câmara, deve ser questionada na justiça. Isso é o que garantiu o vereador Tarso Magno (PR), durante sessão da Casa, nessa terça-feira (28), após intenso debate sobre a reunião do colégio de lideres, realizado na última semana.

Os vereadores Tarso Magno e Bertran Rocha (PTdoB) observaram que são lideres dos seus partidos e, mesmo assim, não foram convocados pela presidência da Casa para participar da reunião que indicou a vereadora Didi.

Além da exclusão da reunião, Tarso e Bertran observaram que a Ata da reunião não continha as oito assinaturas como foi anunciado. O vereador Adauto Araujo (PSC) teria assinado o documento na sessão de hoje e a, então vereadora, Auricélia Bezerra (PSL), sequer, assinou. “A reunião e a confecção da Ata estão cheios de ilegalidade e vícios. A Ata chegou aqui com apenas seis assinaturas,” disse Tarso, ressaltando que tem pretensão de disputar a relatoria.

Segundo o vereador Bertran, como líder do partido, não foi avisado sobre a reunião. Para ele, a convocação da vereadora Rita Monteiro (PTdoB) para reunião tirou sua prerrogativa. “O vice-líder do partido é Zé Ivan e nem isso foi respeitado,” observou Bertran que, durante a sessão, acabou renunciando ao cargo de líder do partido.

Mesmo cercada de criticas e muita polêmica, a Ata foi colocada em votação, sendo aprovada com 11 votos favoráveis, cinco contra e duas abstenções. Após a votação o vereador Tarso Magno solicitou os áudios da sessão e uma cópia da Ata da reunião dos lideres para ingressar com ação na justiça.

Segundo o presidente da Câmara, vereador Capitão Vieira Neto (PTN), tudo foi feito dentro da legalidade. Sobre a falta das assinaturas, o presidente observou que a Ata foi confeccionada após a reunião. “Aqui é de praxe que as Atas sejam confeccionadas após as reuniões para então os presentes assinarem,” disse Capitão Vieira.

Lunga e Ronnas tomam posse

Como estava previsto, os vereadores Antônio de Lunga (PSC) e Ronnas Motos (PMDB), retornaram a Câmara nessa terça-feira. Durante a sessão, Antônio de Lunga usou a tribuna para agradecer aos amigos, familiares e correligionários pelo apoio. Em especial, o vereador agradeceu ao empenho dos advogados Luciano Daniel, Paolo Quezado Gurgel e Leopoldo Martins Filho, responsáveis por sua defesa.

Lunga declarou ter sofrido ataques e xingamentos durante o afastamento, mas que responderia com trabalho direcionado aos menos favorecidos. “O ódio e a calúnia não me abatem. Não me elegi por um partido, me elegi por uma massa de pessoas as quais represento,” disse Antônio de Lunga.

Pronunciamentos sobre eleições

Ainda durante a sessão desta terça-feira, os vereador Normando Sóracles (PSL) e Cláudio Luz (PT) usaram a tribuna da Câmara para falar sobre o resultado da eleição recém encerrada.

Cláudio Luz destacou que o país vive o período democrático mais longo na sua história e as eleições mostraram o quanto essa democracia está consolidada. Claudio observou, ainda, a necessidade de se fazer a reforma política para acabar com o financiamento privado das campanhas.

O vereador finalizou dizendo que é falso dizer que o país está dividido. “A Dilma ganhou em Estados de todas as regiões, inclusive, em Minas, Santa Catarina e Rio de Janeiro,” destacou Cláudio.

Já para Normando, o resultado das eleições foi desastroso para Juazeiro do Norte. Ele destacou que o município já teve quatro deputados estaduais e três federais, mas agora tem apenas um federal. “A questão é: quem vai lutar para trazer verbas para o Juazeiro? Só temos o deputado Arnon Bezerra. É pouco!” disse Normando.

Sobre as conseqüências da falta de representantes, Normando disse que a cidade corre o risco de continuar sem direitos básicos, como saneamento. “Em nível estadual, temos que pedir favor ao deputado de Brejo Santo, Wellington Landim. Nada contra Wellington, mas não deveria ser assim,” ressaltou Normando.

Em nível municipal, Normando observou que o prefeito não votou no candidato vencedor ao Governo do Estado e não é do PT. Para ele, Raimundo Macedo vai enfrentar dificuldades e Juazeiro terá quatro anos negros. Ele pediu que todos os juazeirenses se unam em torno da cidade para resgatá-la.

Coluna Chapada - Jornal do Cariri - 28 de outubro de 2014

O parâmetro do segundo turno

Muitas lideranças do Cariri comemoram o resultado do segundo turno das eleições de 2014 como parâmetros para as eleições de 2016, no embate dentro dos municípios. A maioria pode se equivocar e se deixar enganar com o desempenho deste ou daquele candidato ao governo. O voto majoritário ao governo do Estado obedece a outros critérios e situações que, na maioria dos casos, fogem ao controle dos apoiadores. No primeiro turno o parâmetro das candidaturas proporcionais mostra quais apoiadores têm liderança e quem caminha no marasmo do esquecimento. O sucesso da candidatura de Camilo Santana, que acabou ganhando vida própria na região, não deixa ganhos políticos aos seus apoiadores. Claro que outros fatores devem ser levados em consideração como: quando o apoiador é oposição no município. Ou seja, para quem pensa em pegar carona na onda Camilo é melhor começar a se rearticular, sob pena de se decepcionar no futuro.

Quem cresce com o resultado

Na verdade, quem cresce ao fim deste processo são aqueles que “remaram contra a maré” e conseguiram capitanear votos para seus apoiados. Neste caso, vale destacar aquelas lideranças decidiram assumir desgastes internos em seus partidos, apenas para medir força com opositores locais. Claro, que esses casos foram poucos, mas deixaram grandes lições. Destes o grande vencedor é o ex-candidato a prefeito de Araripe, Giovane Guedes. Petista, Giovane rompeu com o partido porque Camilo seria apoiado pelo atual prefeito Humberto Germano. Levantou a bandeira de Eunício Oliveira contra o PT, o prefeito e a onda que tomou conta do Cariri. Eunício teve 45% dos votos em Araripe. Apesar da derrota, a pouca margem coloca Giovane como o grande vencedor do pleito. Agora é esperar o que as articulações políticas trará para Araripe em 2016. Certo mesmo é que, dentro ou fora do PT, Giovane Guedes tente a ampliar sua liderança no município.

Mauriti e as favas contadas

Em Mauriti, o resultado do segundo turno das eleições, assim como o do primeiro, mostrou que o PT está bem consolidado em seu projeto de governo no município. Por outro lado a oposição, liderada pelo ex-prefeito Marcio Martins, mostrou que continua perdendo espaço. Mesmo com a crise interna no PT, vale salientar, negada veementemente pelos assessores do prefeito Evanildo Simão, o grupo de Marcio não soube tirar proveito e avançar nos resultados para se qualificarem para 2016. Na verdade, falta projeto alternativo e organização para a oposição mauritiense. Na verdade, o resultado de mais de 67% dos votos para Camilo e 70% para Dilma, mostrou que a crise entre o ex-prefeito Isaac Júnior e a atual administração, não interferiu no resultado. Ou seja, Mauriti reconhece o projeto petista, não essa ou aquela liderança.

Jardim é um município em crise

Todas as crises possíveis e imagináveis podem ser creditadas ao município de Jardim. Nada de exagero na afirmação. Senão vejamos: na política, aconteceu o que podemos chamar de “samba do crioulo doido”. Ou seja, depois de muitos argumentos da situação e da oposição, para explicar tanta misturada, ninguém entendeu nada. Na verdade, apenas o grupo capitaneado pelos “Roriz” fez realmente oposição. O resultado é que Camilo teve 82% dos votos. Saio forte o grupo da prefeita Analeda Luz, que conseguiu a adesão dos petistas locais. Mas, parece que a prefeita não tem motivos para comemorar. Agora ela reclama de estar sendo prejudicada pela Câmara em projetos como a Lei Orçamentária. Segundo sua assessoria, a Casa oposicionista, não aceita a flexibilização de 40% dos recursos. A assessoria jurídica, coloca como normal o remanejamento. Claro que isso não é verdade, senão não seria preciso a aprovação na Câmara. Mas, polêmicas a parte, tudo pode se resolver com apenas um voto, o do PT. E aí pra onde o PT vai?

Contas bloqueadas

Mesmo com as atenções voltada para o segundo turno das eleições, não passou despercebido o bloqueio das contas de dois municípios caririenses pelo Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para garantir o pagamento de precatórios. Aurora deve ter seqüestrado pela justiça mais de R$ 540 mil, enquanto Baixio deve perder cerca de R$ 30 mil. O recurso são cobrir a inadimplência com regimes especiais de pagamento de precatórios; uma espécie de fundo de reserva que serve para atualizar as responsabilidades. Aliás, a irresponsabilidade com o pagamento de precatórios, não é uma pratica apenas desses municípios. A prática ganhou o Brasil. Além dos municípios caririenses, outros oito sofrerão a pena no Ceará. O fator negativo da decisão é que ela não responsabiliza gestores anteriores, na maioria das vezes, responsáveis diretos pela Inadimplência. O que não deixa de ser um avanço.

Enquanto isso...

... No imenso perde e ganha nas eleições, o Cariri viu muitos desses derrotados. Alguns mais, outros menos, mas, nenhuma derrota foi tão emblemática quando a da prefeita de Santana do Cariri, Danielle Abreu. Ela não conseguiu ultrapassar a casa dos 11% dos votos ao seu candidato ao governo, o peemedebista Eunício Oliveira.

... O resultado de Santana do Cariri é tão desastroso que foram quase 5 votos por 1, em prol do candidato petista Camilo Santana, apoiado pela oposição. O resultado ressuscita velhos adversários que ganham força para o enfrentamento de 2016. Os próximos dois anos serão de grandes desafios para Danielle.

... Outro que sai muito desgastado dessa disputa é o prefeito de Caririaçu, João Marcos. O peemedebista viu o adversário petista levar mais de 62% dos votos do município. Para João Marcos, fora o resultado negativo das eleições, é duro ver seu grupo político se dividir e enfraquecê-lo politicamente.

... Mas, esses não são os priores problemas de João Marcos. Fora a derrota e a divisão do grupo, ele está na eminência de perder a maioria e a presidência da Câmara. Além de tudo isso o prefeito assiste o lançamento da pré-candidatura a prefeito do seu maior adversário, o vereador Rosivan Leite (PT), irmão do ex-prefeito Edmilson Leite. Para quem acredita, pode se chamar isso de inferno astral.

Cid é cotado para ser ministro de Dilma

Depois de cumprir um papel importante no processo eleitoral desde as discussões iniciais, quando do rompimento com o PSB de Eduardo Campos, para ficar na base da presidenta Dilma, o governador Cid Gomes parece que será reconhecido no novo governo Dilma. Em Brasília a informação é dada como favas contadas e está em alta nas bolsas de apostas. Cid entraria na cota do Pros, seu partido, com a anuência da própria presidenta.

Mas, em toda essa caminhada, ainda, têm dois detalhes a serem resolvidos. O primeiro é que o nome tem que ser o de Cid. Já existem especulações de que ele poderia indicar o irmão Ciro ou a vice-governadora eleita Izolda Cela. Não será aceito nenhuma das opções. O segundo detalhe é a possibilidade de resistência do PMDB, partido do candidato derrotado no Ceará, Eunício Oliveira. Mas, isso é uma questão de conversa.

Na verdade, Cid quer “matar dois coelhos com uma só cajadada”. Ou seja, brigar pela vaga que sempre sonhou no Banco Mundial e, de quebra, indicar o nome ao Ministério da Educação. É aquela coisa: vai que dá certo!

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Cariri foi decisivo na eleição de Camilo ao Governo

Quem esperava uma eleição disputada voto a voto na região do Cariri na corrida ao Governo do Estado, acabou se decepcionando. Apesar de a região ser o berço dos dois candidatos que disputaram o segundo turno das eleições, o resultado acabou sendo desigual. O cratense Camilo Santana (PT) venceu o lavrense Eunício Oliveira (PMDB) na grande maioria dos municípios caririenses com uma margem folgada de votos.

Nos três maiores colégios, onde dois são governados pelo PMDB e um pelo PT, Camilo obteve mais de 70% dos votos, em média. No município do Crato, Camilo teve seu melhor desempenho com 83,09% dos votos, contra 16,91% de Eunício Oliveira. Em Juazeiro do Norte, o petista alcançou 74,01%, contra 25,99% do peemedebista. Na cidade de Barbalha, onde iniciou sua vida política, Camilo obteve 65,50% dos votos, contra 34,50% de Eunício Oliveira.

Até mesmo na terra natal de Eunício, o petista teve maioria. Em Lavras da Mangabeira, Camilo obteve 51,73% dos votos, enquanto Eunício chegou a 48,27%. No Cariri, o único colégio eleitoral onde Eunício Oliveira teve maioria de votos foi em Várzea Alegre. No município o peemedebista venceu com 52,21%, contra 47,79% do petista. Em toda a região Camilo obteve 372.856 votos, ou 50,75%, enquanto que Eunício alcançou apenas 163.826, ou 22,30% dos votos. Uma maioria de 209.030 votos em favor do petista.

O resultado é bem superior ao do 1º Turno, quando o petista teve uma maioria de 128.316 votos. No primeiro turno, Camilo teve 42,13%, enquanto Eunício Oliveira ficou 24,67%. Foram 309.537 votos pró Camilo, contra 181.221 para Eunício.

Nenhum dos candidatos comentou o resultado das eleições no Cariri. O peemedebista Eunício Oliveira, após o resultado, agradeceu os votos de modo geral e desejou boa sorte ao petista. "Eu quero agradecer aos mais de dois milhões de cearenses que foram às urnas e sufragaram o nosso nome. Aos que fizeram outra opção, espero que tenham feito livremente," disse Eunício.

O petista Camilo Santana agradeceu aos correligionários, militantes e eleitores, reconhecendo o grande desafio que deve enfrentar. As declarações foram feitas no comitê central da campanha em Fortaleza. “Vou governar para dar continuidade ao trabalho que sendo desenvolvido pelo Governador Cid Gomes. Quero manter o que está dando certo e avançar no que for preciso melhorar,” disse Camilo.

Sobre o Cariri, Camilo disse apenas que se sente devedor de todo o povo da sua região e que vai fazer um trabalho que abranja os benefícios a todos os cearenses. Ele reconheceu, ainda, que o Cariri enfrenta problemas no acesso a água, e mais os setores da saúde, segurança e educação, onde prometeu dedicar mais atenção.

Volta de Ronnas e Lunga deve mudar a configuração da Câmara

A decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ainda na quinta-feira (23), mandando reintegrar os vereadores Antônio de Lunga (PSC) e Ronnas Motos (PMDB), deu o que falar em Juazeiro do Norte. O que mais se especula é sobre a nova configuração política da Câmara.

Os dois vereadores garantem que ainda não avaliaram suas posições futuras. Eles disseram que devem se inteirar das discussões da Casa para se posicionarem. Ronnas destacou, ainda, o tempo perdido e Lunga a proibição no acesso ao prédio da Câmara.

Antes do afastamento os dois vereadores faziam parte da base do prefeito Raimundo Macedo (PMDB) e existe uma expectativa de que eles assumam a mesma posição. Com a reintegração voltam para a suplência os vereadores Alberto da Costa (PT) e Auricélia Bezerra (PSL), ambos da oposição.

Para o vereador Cláudio Luz (PT), líder da oposição, o retorno dos parlamentares pode sim trazer uma nova configuração a Casa, mas, é cedo para avaliar as posições. Para Cláudio a votação do projeto dos R$ 50 milhões e a eleição para a nova Mesa Diretora servirá como parâmetro para ver de que lado eles devem ficar.

O vereador Tarso Magno (PR), membro do grupo de centro, disse que a nova configuração da Câmara ainda é uma incógnita. Tarso aproveitou para fazer severas criticas ao posicionamento da justiça reintegrar os parlamentares. Para o vereador, o caso chocou a sociedade e manchou a imagem da Câmara e ainda não foi julgado em definitivo.

Tarso Magno foi o relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou o caso das vassouras. No relatório final o vereador, presidente da Comissão, pediu a cassação do mandato de Antônio de Lunga, mas o relatório foi derrubado pela Câmara.

Os vereadores foram afastados pela justiça durante as investigações do caso conhecido como “Escândalo das Vassouras”.

domingo, 26 de outubro de 2014

Camilo vota em Barbalha, avalia segundo turno e pesquisas eleitorais

O candidato do Partido dos Trabalhadores (PT) ao Governo do Estado, Camilo Santana, votou por volta das 10 horas no Colégio Bom Jesus, no Distrito do Caldas, município de Barbalha. O candidato foi recepcionado por militantes e chegou acompanhado do Governador Cid Gomes e outras autoridades e lideranças políticas. Camilo votou na sessão 05, da 31ª Zona Eleitoral.

Durante entrevista, Camilo Santana fez uma avaliação da sua campanha no segundo turno e comentou as últimas pesquisas eleitorais. Segundo o candidato petista, seguiu a mesma estratégia desenvolvida no primeiro turno, visitando mais de 160 cidades e apresentando propostas, sem agredir seu adversário.

Camilo destacou, ainda, que procurou mostrar as coisas boas que o Ceará teve nos últimos sete anos, além dos grandes desafios que terá pela frente. Sobre o resultado das últimas pesquisas, Camilo voltou a afirmar que as considera como o retrato do momento e que a verdadeira pesquisa será quando abrir as urnas às 17 horas.

Ao final, Camilo disse que estava feliz com o desenvolvimento da campanha e, muito, otimista com relação ao resultado final das eleições. Ele agradeceu a todos que somaram com ele na campanha, seja trabalhando ou votando nas suas propostas.

Depois de votar em Barbalha, o candidato Camilo seguiu para a cidade de Sobral, onde acompanhou o governador Cid Gomes e a candidata a vice-governadora, Izolda Cela, até as sessões eleitorais. Logo depois, Camilo deve seguir para a capital Fortaleza, onde aguarda o resultado da apuração.

(Foto: Cícero Valério / Agência Miséria).

Eunício votou acompanhado da família em Fortaleza

O candidato do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), ao Governo do Ceará, Eunício Oliveira, votou na manhã deste domingo (26) no Clube Náutico Atlético Cearense. O candidato do PMDB estava acompanhado da esposa, Mônica, e os sogros, Izildinha e Paes de Andrade. Eunício foi recepcionado por eleitores e estava acompanhado do candidato a vice-governador, Roberto Pessoa.

Ao chegar no local de votação, Eunício Oliveira encontrou o ex-governador Lúcio Alcântara. Depois do Náutico, o candidato foi para o Ideal Clube, onde sua mulher vota. Posteriormente, seguiu para o Colégio Antares, zona eleitoral em que seus filhos votam. O peemedebista informou que acompanhará o resultado da eleição em sua casa.


(Com informações e foto do Diário do Nordeste).

sábado, 25 de outubro de 2014

Justiça apreende panfleto apócrifo contra prefeito do Crato

Uma operação conjunta entre a Polícia Militar e a Justiça Eleitoral do Crato, através do juiz da 27ª Zona Eleitoral, Renato Belo Vianna Velloso, apreendeu uma grande quantidade de panfletos apócrifos que, segundo informações, denigrem o prefeito Ronaldo Gomes de Mattos (PMDB).

O material, apreendido no Studio da Rádio Comunitária São Francisco, veicula o mesmo conteúdo que circula nas redes sociais, onde o prefeito é acusado de ter traído o candidato do seu partido ao governo do Estado, Eunício Oliveiro. As postagens já foram negadas diversas vezes pelo prefeito que, denuncia uma armação política para desgastá-lo politicamente.

Segundo o locutor, conhecido como DJ Marcinho, recebeu o material das mãos de um homem branco e alto, para ser entregue ao presidente da Câmara do Crato, vereador Luis Carlos Saraiva (PSL). Segundo o locutor, a caixa foi chegou por volta das 16 horas e permaneceu no Studio por cerca de uma hora, até a apreensão.

Ao saber da apreensão e da acusação, o vereador Luis Carlos compareceu ao Cartório Eleitoral, onde negou participação no fato. Sobre a apreensão, o vereador observou que o carro do ex-candidato a prefeito do Crato, Cícero França, foi visto no local no momento da entrega na rádio. Recentemente, Luis Carlos rompeu com o prefeito Ronaldo Mattos e passou a integrar a bancada de oposição. O vereador tem um programa semanal na mesma rádio em que foi apreendido o material.

Atualmente Cícero França é advogado do Comitê de campanha do candidato ao governo do Estado Camilo Santana (PT). Ele foi contatado por nossa reportagem e disse que, apenas, compareceu ao local depois que recebeu a informação de que iria ser feita uma apreensão de material ilegal na rádio. Segundo ele, chegou ao local um pouco depois que a Polícia e o juiz.

O juiz Renato Velloso, não quis se manifestar sobre o caso, segundo ele, por se tratar de investigação sigilosa. Segundo funcionários do Cartório, que preferiram não se identificar, o material será enviado ao Ministério Público Eleitoral (MPE) para que seja feita a denúncia a Justiça Eleitoral e a Polícia Federal.

Devem ser intimados a prestar esclarecimentos no MPE, o locutor, o presidente da Câmara e, provavelmente, outras testemunhas que estavam no local.

IBOPE: Dilma lidera com 5% na última pesquisa

A última pesquisa Ibope para a disputa à Presidência da República mostra a candidata à reeleição, Dilma Roussef (PT), com 53% dos votos válidos, enquanto Aécio Neves (PSDB) aparece com 47% dos votos válidos. Considerando os votos totais, Dilma aparece com 49% e Aécio tem 43%. Brancos e nulos somam 5% e os que não sabem são 3%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de São Paulo". O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 206 municípios nos dias 24 e 25 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01195/2014.

IBOPE: Camilo e Eunício empatados tecnicamente

Pesquisa do Ibope, divulgada neste sábado (25), mostra um cenário de empate técnico e total indefinição entre os candidatos ao Governo do Estado, Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (PMDB). Segundo o levantamento, considerando os votos válidos, Camilo tem 52% das intenções de votos e Eunício tem 48%.

Considerando os votos totais, Camilo Santana tem 49% e Eunício Oliveira 44% das intenções de votos. Brancos, nulo e nenhum somam 5%, enquanto os indecisos são 2%.

A pesquisa, encomendada pela TV Verdes Mares, foi realizada nos dias 23 e 25 de outubro e ouviu 1.204 eleitores em 60 cidades do Ceará. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob o número CE-00035/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral, com BR-01184/2014.

Juíza Ana Raquel intima Câmara para empossar Ronnas e Lunga

A juíza da 1ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte, Ana Raquel Colares dos Santos Linard, intimou nessa sexta-feira (24), o presidente da Câmara, vereador Capitão Vieira Neto (PTN), para cientificá-lo sobre a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de reintegrar aos vereadores Antônio de Lunga (PSC) e Ronnas Motos (PMDB) às suas funções na Câmara Municipal.

O presidente Capitão Vieira compareceu ao Fórum Desembargador Juvêncio Santana, por volta das 15 horas, onde recebeu o documento do Oficial de Justiça. Segundo Capitão Vieira a Câmara, já cientificada, vai encaminhar as providências legais para empossar os dois vereadores já na próxima sessão de terça-feira (28). Entre as responsabilidades a serem tomadas, está à comunicação aos vereadores Alberto da Costa (PT) e Auricélia Bezerra (PSL) que voltam para a suplência.

Estavam presentes ao Fórum os advogados Luciano Alves Daniel e Leopoldo Martins, responsáveis pelos recursos de Mandado de Segurança e Habeas Corpus, que foram aceitos pelo STJ. Segundo Luciano Daniel, a justiça fez a sua parte, já que, o afastamento por mais de um ano se configurava cassação indireta.

A intimação aconteceu apenas 24 horas depois da decisão do STJ porque, segundo o advogado Luciano Daniel, se trata de uma urgência. O advogado observou que foi requerido junto aos ministros que a comunicação fosse feita através de telegrama.

Também presentes ao Fórum para acompanhar o recebimento da notificação, os vereadores Ronnas Motos e Antônio de Lunga, disseram estar felizes com a decisão. Ronnas falou em recuperar o tempo perdido e voltar a desenvolver o trabalho para qual foi eleito. Antônio de Lunga, disse que deve dar sequência ao mandato tendo como tarefa defender a população.

Os parlamentares estavam afastados desde 10 de setembro de 2013 e foram reintegrados por decisão da sexta turma do STJ, nessa quinta-feira (23), com relatoria do ministro Rogério Schietti Cruz.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

STJ manda Ronnas e Lunga reassumirem vagas na Câmara de Juazeiro

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na tarde desta quinta-feira (23), por volta das 14h30, pelo retorno dos vereadores Ronnas Motos (PMDB) e Antônio de Lunga (PSC) as suas funções, em exercício de mandato eletivo, na Câmara Municipal de Juazeiro do Norte.

Os recursos de Mandado de Segurança e Habeas Corpus, julgados pelo Pleno do STJ, foram impetrados conjuntamente pelos dois parlamentares, sob a responsabilidade dos advogados Luciano Alves Daniel, Paolo Quezado Gurgel e Leopoldo Martins. Segundo Luciano Daniel e Leopoldo Martins, a ideia é que os dois vereadores já assumam na próxima sessão ordinária da Câmara, na terça-feira (28).

O parecer do relator, Ministro Rogério Schietti Cruz, favorável ao retorno, foi seguido por outros quatro ministros, não havendo qualquer contestação ao relatório. A publicação da decisão deve ser feita na próxima segunda-feira (27).

Após a publicação, a decisão será comunicada a desembargadora Maria Edna Martins, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), em Fortaleza. O TJCE, por sua vez, comunica a juíza da 1ª Vara Criminal, Ana Raquel Colares, que oficializa a presidência da Câmara. Com a oficialização retornam para a suplência, sem acento na Casa, os vereadores Alberto da Costa (PT) e Auricélia Bezerra (PSL).

Ronnas e Lunga foram afastados em setembro de 2013, durante as investigações de caso de corrupção, conhecido como “Escândalo da Vassouras”. Apesar da grande repercussão, e mais de um ano de investigação, somente há cerca de um mês a denúncia foi formalizada pelo Ministério Público do Estado (MPCE).

IBOPE: Dilma 54% e Aécio 46%

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23), mostra a presidente Dilma Rousseff (PT) com 54% das intenções de votos, contra 46% de Aécio Neves (PSDB). A diferença entre Dilma e Aécio agora é de 8%, isso considerando os votos válidos. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

Pelo eleitorado total, a petista tem 49% das intenções de voto, contra 41% do tucano. Os votos brancos e nulos somam 7%. Indecisos são 3%. O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios, entre os dias 21 e 22.

Cid Gomes faz campanha em Juazeiro do Norte

Quem esteve nessa quinta-feira, em Juazeiro do Norte, foi o governador licenciado Cid Gomes. Durante todo o dia ele participou entrevistas, caminhadas e adesivaço em prol da campanha do petista Camilo Santana. Cid anunciou que a campanha do petista será encerrada no sábado (25), na região do Cariri com carreatas nas cidades de Crato, Juazeiro e Barbalha.